Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2020

Cachoeira da Rapadura-Costa Rica MS

  Despedir-se de 2020 nas águas das Cachoeiras em Costa Rica,  no encontro do Planalto Central Brasileiro com o Pantanal .,  tem um significado de limpeza para qualquer nuance negativa na vida! Que venham novas águas, novos ares, tudo renovado e ressignificado! A Cachoeira da Rapadura, uma sequência de saltos com águas cristalinas, é um verdadeiro espetáculo da natureza, perto da divisa de Mato Grosso do Sul e Goiânia.  

Cachoeira do Saltinho Costa Rica MS

 

Costa Rica MS Cachoeira Das Araras

 

Eles Não Querem Uva Passa

Eles não querem Uva Passa E fazemos nossa Ceia assim Um pouco deles vou buscando E deixando muito de mim   Quando o Espírito de Natal nos encontra Tudo se equilibra, tem seu rumo  A definição do congraçamento ressignifica E nos coloca em sensato prumo   Como se nunca houvesse tristeza Nunca, no poder do advérbio, sem desentendimento Trazendo o Eterno, o enlace, o fraterno e o verdadeiro sentido do nascimento   E nas manhãs sem desatinos Ouso e faço meu louvor Espírito do Natal envolva as famílias Em Paciência, Sabedoria e Amor.

Para o Ano que Chega

  Para o Ano que chega   Para o Ano que chega, Escolha o perfume de uma flor, algo que valha a pena Da paisagem à retórica do amor O mundo tem boas surpresas E o extraordinário ao redor Dê chance à essa beleza, E tudo fica ainda melhor.   Não se deixe cegar pela antítese da alegria, Pois antes de cada passo e em cada oração, existe a semente de um querer bem e a centelha da própria criação.   E pode acreditar Seu ano será diferente Cheio de encontro sincero E instantes singulares pela frente.  

INDEFECTÍVEL ABISMO

Ele quer, te olha e tem vaidades Faz deboche da sua escuridão Ao resetar arroubos e possibilidades Vê desnecessária tal pretensão   Sua pueril   ternura e ácida frieza Estilhaçariam emoções insondáveis É opcional compartilhar a incerteza E recortes de meus afetos inefáveis E assim o é E o seria Ainda que brando estivesse   Ainda que eu partisse, volátil O abismo então, se compraz tardio, Desatando o nó do meu próprio canto sombrio.    

TEMPO E REDENÇÃO

Abro os braços Existem motivos para seguir adiante Depois do sofrimento, O aprendizado me faz confiante   São nas trilhas dessa vida Que encontro alegrias, muitos sorrisos e algumas armadilhas E tudo dá sentido aos dias   Quando há revés Faço oração, Ocupo o tempo, Acalmo o coração   Tudo passa, bem depressa A vida é feita de momento Há música, verso e contemplação Para celebrar cada acontecimento   As respostas virão com o tempo Encontro razões, aprimoro a mente O mundo corre pelas veias O sol, sempre, brilha novamente.

Cinza, Cor de Festa

Hoje o dia acordou cinza, com jeito molhado Me dizendo sobre manhãs De encanto e céu nublado   O aroma era de café forte Algo cálido que se instalava Enquanto a semana, por sorte Novos planos, anunciava   E cantam bem-te-vis Em dança que verte proeza araras aos pares se espalham No espetáculo de rara beleza   Sim, há flores lá fora Mesmo num dia denso, chuvoso E festa no balé das horas De toada mansa e horizonte charmoso