Mostrando postagens com marcador Escartelate. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Escartelate. Mostrar todas as postagens

11 de março de 2021

ESCARTELATE

ESCARTELATE chegou!
pré-venda pelo link da Editora Life! 
EVOÉ, ESCARTELATE!


Olá amigos! Em razão da pandemia, a editora Life e eu, resolvemos fazer o pré-lançamento do Escartelate, pelo site! Mas ele irá autografado por mim, diretamente para vocês. Só clicar no link e garantir o seu! Parte da renda será revertida para a publicação da antologia #PoesiaEmTodaEsquina ,com a poesia de novos autores e também autores consagrados! bjs! (meu Deus, muita emoção!)
E aqui a gente comemora com poesia!

Flores & Escartelate 💖
Comemorar a vida É sentir a magia das horas feito brisa que sopra no rosto. Comemorar a vida, é ver que a beleza do dia pode estar no cair da tarde, no ensejo de um abraço. ou no afago do aroma de alecrim. É música que invade o jardim. E nos infinitos das flores e em cada canto deste mundo, passo a compreender melhor as cores que inundam meu abrigo e enfeitam as esquinas e toda consagração. O escartelate da minha infância... guardo a lembrança, do sabor, do doce, da emoção. Por tudo, sempre, Gratidão. Carmen Eugenio #PoesiaEmTodaEsquina

 

3 de agosto de 2020

Flores & Escartelate

Comemorar a vida

É sentir a magia das horas

feito brisa que sopra no rosto.

 

Comemorar a vida,

é ver que a beleza do dia

pode estar no cair da tarde,

no ensejo de um abraço.

ou no afago do aroma de alecrim.

 

É música que invade o jardim.

E nos infinitos das flores

e em cada canto deste mundo,

passo a compreender melhor

as cores que inundam meu abrigo,

que enfeitam as esquinas

e toda consagração.

 

O escartelate da minha infância...

guardo a lembrança,

do sabor, do doce, da emoção.

Por tudo, sempre,

Gratidão.

(Carmen Eugenio 6 de agosto de 2020)

(Escartelate é um doce italiano que minha avó paterna, Carmen Eugenio, fazia para todos os netos. Família típica italiana, sentávamos, efusivos, eufóricos e entusiastas, ao redor da mesa da sala quando então, vovó entrava, solenemente, com os escartelates mergulhados no mel, para deleite dos convivas. E todos nós temos essa deliciosa memória afetiva até hoje. E pelo resto de nossas 



Escartelates 



Doces de Escartelates com Mel da Vovó Carmen!