Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo eixos e avessos

Eixos e Avessos

(Matisse) Nosso encontro de avessos É algo maior que meus horizontes É um transpor absoluto de suposições Composições e acervos. Protagonizar ilusões Pode até ser ironia Agonia Conjeturas. Encontro a simetria sensata Quando abandono teoria exata no interpretar de suas palavras. E assim, percorro o tempo Em rendição ao encantamento De algum momento Em que verei sucumbir o eixo Que me aparta do seu eu E dilacera minha vontade. Verdades? O que são? (Carmen Eugenio)