Pular para o conteúdo principal

Postagens

Formato de Coração

Ele é especial E sabe disso. Nesse tempo, É tanto e tudo Quando fala Quando indaga Ou quando faz tudo ficar mudo. Quando se torna movimento ou paralisa qualquer instante ele é magia, contornos e brisa contagia minha vontade e derrete algumas verdades Ele é, em meu mundo, Um muito de todas as coisas De qualquer canto E qualquer cor. Por seus olhos Meu encanto permeia Desejo sensorial pleno forma arrebatadora de momentos sem chão. Formato de coração. Há ainda o arremate De abraços e vontades Num horizonte de quereres e emoção. E se, em todas as vezes, Em que o encontro se fez urgente E as certezas tiraram o talvez, Celebro com alegria Estar ao seu lado, Pelo infinito da Vida Contando tudo, outra vez. Carmen  Eugenio                                                     Carmen Eugenio e Cesar Crivellente

ENCONTRO

A mensagem logo cedo é clara: saudade não demora e se instala. Há logo o desejo de sobrepor retina um repente que desorienta, seduz, manda recado, troca segredos, e entende silêncios. E na escalada de emoções latentes, são tantas luas de promessas quentes, que já nem sei se o sabor do vento é o mesmo que provei, antes da sua chegada. E à noite eu me aqueço nos vãos de suas palavras, sem rotina, nem tropeços eu tento, não me esqueço, superar cada passo, dançar no ritmo do seu compasso.                                                      Cesar  Crivellente e Carmen Eugenio

Metafísico

A cada objeto seu, faço uma leitura da sua alma. Nos seus olhos, me abandono, me entrego imensidões. Não há como não desejar aprender todas as músicas, e em cada letra,  encontro seu eu. Os sons do mundo me remetem aos nossos instantes Que estão em tudo. Estão em mim. Eu o bebo com vagar e a minha respiração revela a propriedade magistral da sua presença.

Feliz!

Táticas de Guerra

'Uma das táticas de guerra mais antigas consiste em quebrar o espírito do adversário, retirando dele toda a disposição de lutar. Não se deixem tomar pelo desânimo, nem pelo derrotismo. Filipe G. Martins ‏   @filgmartin   10 de out  

Amor

Ah o amor quantas voltas nos faz dar quantas buscas, encontros e acertos. Quantas idas e vindas permeiam uma história lágrimas, sorrisos e abraços. Quantos laços, casos e descasos. O coração acelera, desespera e não se cansa E o amor vai transformando tudo, numa supremacia inquestionável. Enfrenta nossas próprias marés, desafia nossos cantos cartesianos, e debocha de nossos maiores reveses. No horizonte rosado, possível e intuitivo surgem ainda inquisições pragmáticas. E algo mais forte, sublime e cortês nos afaga e susurra, o amor, é a resposta para tudo.

Sonhos!

Como não ter sonhos? Sonho até acordada! Principalmente, eu diria. Estamos em alerta constante, por algum motivo real, conectividade premente. Mas o pensamente flutua a alma passeia e o coração anseia. Passos largos para um abraço caminhando com graça e gentileza, buscando portas abertas e janelas escancaradas, para encontrar nossas verdades.